Archive for the Equipamento Category

Pedalboard Shows #01

Posted in Equipamento on 03/04/2019 by Fabio Zaganin

Pedalboard Shows #01:

 

01. Boss Tuner – TU-12 >

02. Boss Bass Limiter – LM-2B >

03. Boss Octave – OC-2 >

04. Boss Bass Chorus – CE-2B >

05. Boss Bass Flanger – BF-2B >

06. Boss Bass Equalizer – GE-7B >

………

07. Boss Carring Box – BCB-6

08. Boss Power – PSA-120ZS

09. Boss Extention – PCS-20A

10. Yashi DC adaptor

11. Santo Angelo Pedalboard Cables

 

FDF5A4D6-A88E-4F8C-8BE0-CB83707DA9FA

Anúncios

Piccolo Bass

Posted in Equipamento on 02/03/2019 by Fabio Zaganin

DD8D9606-BCA0-4E42-8447-D55D0A6F5AAC42451722-B771-44F2-8E75-F374666F7271.jpeg

Pedalboard aulas Estudos de Contrabaixo

Posted in Equipamento on 25/02/2019 by Fabio Zaganin

Pedalboard aulas Estudos de Contrabaixo:

01. Multi-Efeitos – Zoom 708 II Bass >

02. Mixer – Morley Match – MM4 >

……….

03. Fonte – Zoom + Nodaji

04. PedalBoard – Zoom + Handmade

05. Cabos – Santo Angelo

 

74D130D6-69F7-4775-9DF6-DCD4045F2ED6

Pedalboard SANGUE (2010/2013)

Posted in Equipamento on 14/02/2019 by Fabio Zaganin

Pedalboard usado durante a existência da banda SANGUE (2010/2013)… reativado…

01. Fuzz/Drive – MXR Blow Torch >

02. Wah Wah – Dunlop Cry Baby Bass >

03. Pre Amp – Hartke Bass Attack >

……….

04. Pedalboard – Handmade

05. Fonte – Dunlop DC-Brick

06. Cabos – Santo Angelo

8DEFE441-59B2-4DC2-9BE9-2BE5A0564C4A

Pedalboard Master Classes / Workshops

Posted in Equipamento on 06/02/2019 by Fabio Zaganin

Pedalboard Master Classes / Workshops

1. Multi-Efeitos – Zoom B2.1u >

2. Footswitch – Zoom FS01

3. Gravador – Boss Loop Station RC-20XL >

……….

4. PedalBoard – On Stage GPB 3000

5. Fonte – Fire Power Bridge

6. Cabos – Santo Angelo

744FBBB8-8A5B-4C0D-897A-958E25461DED

Amanaîé, O Mensageiro – 24 anos (1995/2005)

Posted in Equipamento, Matérias, Timeline on 29/01/2019 by Fabio Zaganin
Por Fabio Zaganin
Matéria para o site http://www.nzaganin.com.br
28 de Janeiro de 2007

_________________________________________________________

Todo músico um dia se depara com a indagação de como melhorar seus estudos. Além do estudo constante e um bom professor, nos deparamos também com a necessidade de um melhor instrumento para nos aperfeiçoar, desenvolver, adaptar e expandir fronteiras. Sempre em busca de novos desafios, procurei buscar o meu timbre, sonoridade, técnica e conforto para tocar.

Em 1990 conversando com meu irmão, decidimos construir um instrumento que tivesse estas características, assim nasceu o protótipo do hoje Amanaîé, então chamado de Mr. Blackwell. Usei este instrumento por anos, tocando em gigs como Legalize, Anjos Da Noite, Hot Stuff e várias outras. Conclusão foi o primeiro passo para excluir o que não gostava e necessitava em um instrumento.

Particularmente acredito que todo instrumento nasce com uma identidade e por mais que você o transforme, a essência é a mesma de quando foi criado. Sendo assim sempre achei que mutilar e alterar demais um instrumento original passa a ser uma “plástica” desrespeitosa a suas origens e sonoridade.

Cinco anos após a criação do Mr. Blackwell, tive certeza absoluta do que necessitava em um instrumento. 24 trastes, dois captadores humbucking passivos, parte elétrica passiva, natural, desenho e hardware. Minha conclusão final é que necessitava de um casal, um com trastes e outro sem trastes. Assim em 1995 nasceu a versão 4 cordas fretted e fretless do Amanaîé, [apelidados de Ron & Wood – homenagem a Ron Wood, guitarrista dos Stones. Por ser o baixista do primeiro disco que tirei linhas de baixo: Truth do Jeff Beck].

Após 10 anos com os dois baixos, tocando em inúmeras situações ao vivo, gravações e ensaios e acreditando sempre na evolução, a pesquisa continuou e cheguei à conclusão [por enquanto] final: as madeiras. Passei a ser um apaixonado pela combinação de Maple e Frejó, sendo assim, a versão de 10 anos de aniversário foi construído desta forma, tendo para o baixo com trastes a minha escolha final pela escala clara/maple e para o sem trastes, a escala escura em jacarandá. Decidi tocar com 6 cordas. Expandindo as fronteiras, alcance e range do instrumento, concordando com a evolução incrível do contrabaixo nos últimos vinte anos. Esta escolha pelas seis cordas se concretizou com a satisfação e concretização de estudos e músicas.

Em Junho de 2006, nascia “o Mensageiro”, instrumento construído com todo carinho e qualidade da N.Zaganin. Versátil, com timbres e pegada inacreditáveis, do som mais delicado e cristalino [Fênix/Yin], ao som mais pesado e agressivo [Dragão/Yang]. Tenho uma sorte incrível de poder concretizar o sonho de ter um instrumento com todos meus desejos e saciar minhas necessidades musicais. Com certeza o Amanaîé me faz tocar e sentir melhor. Este instrumento passou a ser o meu equilíbrio.

Obrigado a toda família N.Zaganin, pelo sonho que se tornou realidade. Paz!

Fabio Zaganin

Tagima Jazz Bass Woodstock 73 (2017)

Posted in Equipamento on 14/01/2019 by Fabio Zaganin

Tagima Jazz Bass Woodstock 73

com trastes – escala clara / sem trastes – escala escura

Cordas: D’addario XL Nickel Wound (Round Wound/Long Scale: 050, 070, 090, 110).

Setup: N.Zaganin.

43D5AE97-C4D7-43D2-A357-58573E659BB7